Notícias da Dufrio

Assessoria Imprensa

Painel de encerramento do POA JAZZ 2019 teve participação destaque para a Dufrio

por Sheila Meyer • 12 de novembro de 2019 • 12/11/2019 Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Pinterest

Encontro no dia 11 de novembro buscou reflexões sobre “Caminhos e propostas para governos e projetos privados” e reuniu produtores culturais, representantes de governo Estadual e Municipais e empresas.

Após o sucesso das duas noites de shows da 5ª edição do Poa Jazz Festival, nos dias 8 e 9 de novembro, no Centro de Eventos do Barra Shopping Sul, em Porto Alegre, o encerramento das atividades paralelas do evento teve um tom de confiança no que diz respeito ao desenvolvimento de políticas públicas culturais e envolvimento de empresas em apoios e patrocínios.

Os convidados reunidos no painel “Caminhos e propostas para governos e projetos privados” explicaram diferentes pontos de vista e de atuação. E, por mais que, aparentemente, as esferas públicas e privada estejam em lados opostos no que diz respeito às questões tributárias (um cobra e o outro paga), percebe-se que há melhores relações hoje do que já foi no passado: “A existência de Leis de incentivo é historicamente recente no Brasil e apesar de derrapadas na gestão de como ocorrem os processos de captação e destino das verbas, é com esses mecanismo que vamos avançando”, comentou o mediador do painel, Carlos Badia, também um dos criadores do Poa Jazz Festival.

Participaram do encontro o músico e produtor Luciano Balen; o secretário de Cultura da cidade de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, Evandro Soares; a diretora de Artes e Economia Criativa da Secretaria da Cultura do Estado Rio Grande do Sul, Ana Fagundes; o executivo de finanças da Dufrio, André Pereira; e a produtora cultural Camila Sequeira, que atua com música e cultura em Porto Alegre.

Experiente e conhecedor do tema, o representante da Dufrio seguiu com o raciocínio do mediador ao confirmar que um dos problemas no âmbito empresarial é a dificuldade de entender como são os processos para apoio cultural. “Sensibilizar as pessoas é um dos caminhos. A doação em si não vai fazer diferença econômica para uma corporação que nasceu para remunerar um capital investido, porém ela (a doação) terá consequências a serem avaliadas, como exposição da marca”, introduziu André Pereira. Segundo ele, novas gerações compreendem melhor que ações culturais também geram novos negócios.

“Há 15 anos, ao falar para um empresário sobre um aporte com abatimento em ICMS resultava em uma reação imediata de achar que isso chamaria atenção da fiscalização fazendária e seria um problema. Hoje não é assim”, completou. O executivo da Dufrio esclareceu que é preciso desmitificar a ideia de que as empresas buscam ou precisam de facilidades tributárias para declarar suas contas corretamente. “Boas práticas de gestão resultam em possibilidades de apoio sem contestações e fazem bem para a sociedade. A empresa que erra, chama atenção da fiscalização por si só, não pelos investimentos sociais”, disse. No contexto do Poa Jazz Festival, a Dufrio é parceira desde o início do projeto, há cinco anos consecutivos.

André Pereira salientou ainda que pode-se avançar no tema com um trabalho mais didático sobre como é viável e importante a doação para projetos culturais, mas por pessoas físicas. “Há desconhecimento sobre isso, mas a tendência é crescer, pois os mecanismos são mais simples e o retorno para a sociedade, tanto doador quanto receptores, é concreto”, ponderou. Hoje, a Dufrio apoia e participa de diferentes projetos na área social, cultural e esportiva em nível Brasil.

 

Crédito das fotos: André Feltes/POA JAZZ

Foco em continuidade

Para a diretora de Artes e Economia Criativa da Secretaria da Cultura do Estado Rio Grande do Sul, Ana Fagundes, as políticas públicas implementadas por diversos órgãos, sejam municipais, estaduais ou federais, carecem de um olhar para a continuidade. “Há iniciativas que duram um tempo e, quando troca governo, acaba. Isso é muito ruim, pois é um mal uso do investimento”, acredita. Atualmente, Ana é a responsável pelo projeto do governo do Estado que incentiva a chamada Economia Criativa. “Esse segmento tomou uma dimensão enorme na sociedade. Deixou de ser a atividade informal e gera, sim, renda, trabalho, produção. Envolve cultura em sua essência, pois abrange arte, música, dança, educação, serviços, gastronomia, bebidas e etc. Estamos empolgados com a busca por capacitações e melhorias”, contou. O projeto chama-se RS Criativo e se estrutura em cinco eixos: fomento; pesquisa e informação; internacionalização; territorialização; e capacitação e residência.

À frente da pasta da Cultura na cidade de Bento Gonçalves, Evandro Soares, chamou a atenção para o exemplo da cidade da Serra. “Buscamos as referências culturais da comunidade, sem deixar de inovar. Em Bento, sabe-se que os projetos estão bastante ligados ao DNA dos imigrantes, o vinho, o empreendedorismo. Mas nem por isso deixamos de atender atualidades que se impõem, como um projeto de hip-hop nas escolas”, contou, fazendo menção ao trabalho conjunto com o produtor Luciano Balen, de Caxias.

“A receptividade nas escolas foi muito grande. As crianças e jovens gostam e se envolvem. Eu diria que o gênero musical hip-hop é o novo rock das gerações atuais”, definiu Balen. Ambos participantes do painel concordam que a aplicação de recursos públicos em Cultura precisa ser esclarecida como investimento e não como gasto. “Defendo a cultura sempre. Festivais de musica de rua e outras atividades agregam para a comunidade, emprega, gira a economia”, argumentou Soares.

Confira fotos e vídeos do Poa Jazz 2019 nas redes sociais do evento: Instagram @poajazz e Facebook www.facebook.com/portoalegrejazzfestival.
E no canal do YouTube: www.youtube.com/channel/UCmNotBJ2L0sfVWM9KtGUvBg.


Informações para a imprensa:
Dufrio: Sheila Meyer – (51) 99977-9966 – sheila@milim.com.br
Site: www.dufrio.com.br / Instagram e Facebook: @dufriorefrigeracao

Veja Também

Dufrio no Porto Verão Alegre

Venha participar do Webinar Dufrio: A tecnologia turbinando profissionais

Jornal VS destacou ação da Dufrio para ajudar o Vale do Rio dos Sinos

0 Comentário

Deixe o seu comentário!

Acesse agora nosso site e veja as melhores promoções